Você está aqui: Página Inicial Grupo Asscom Notícias Internet Quadrilha que assaltou Correios em Montanhas é denunciada pelo MPF/RN

05/03/2010 - Quadrilha que assaltou Correios em Montanhas é denunciada pelo MPF/RN

O grupo realizava roubos e furtos nas cidades de Montanhas, Pedro Velho e imediações, chegando até o estado da Paraíba

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) ajuizou ação penal contra 10 integrantes de um bando armado responsável, entre outros delitos, pelo roubo à agência dos Correios de Montanhas (RN), ocorrido em outubro do ano passado. Na ocasião, foram levados R$ 6.652 e um aparelho celular. Além disso, houve troca de tiros com policiais federais.

Dois assaltantes, usando capacetes para esconder o rosto, renderam clientes e funcionários da referida agência, mediante grave ameaça exercida com armas de fogo. Depois de recolherem a quantia e o celular do gerente, eles deixaram o local em uma moto. Naquele momento, policiais federais que estavam na cidade foram informados do roubo que estava ocorrendo. Durante a fuga, os assaltantes se depararam com a viatura da Polícia Federal (PF) e começaram a atirar. Um dos agentes da PF reagiu e conseguiu acertar os dois ocupantes da moto. Mas, mesmo feridos, os assaltantes conseguiram fugir.

A investigação da PF identificou a participação de oito pessoas no planejamento e execução do assalto aos Correios de Montanhas. Como resultado do trabalho investigativo, os envolvidos no roubo foram presos no mês passado. Para o procurador da República Kleber Martins de Araújo, que assina a denúncia, os participantes do assalto devem responder também por tentativa de latrocínio, o roubo com intenção de matar. O procurador explica que “se todos os agentes concorrem e concordam que o roubo se dê com o emprego de arma, aceitam o resultado mais grave que naturalmente dele pode ocorrer: a morte ou sua tentativa”.

As investigações revelaram, ainda, outros dois componentes do grupo que atuava de forma criminosa nas cidades de Montanhas, Pedro Velho e imediações, chegando até o estado da Paraíba. Dessa forma, o MPF/RN denunciou 10 pessoas por formação de quadrilha, entre outras condutas individualizadas na ação. O crime é punido com reclusão de até três anos, mas a pena pode ser aumentada, devido ao fato do bando sempre utilizar armas de fogo nas atividades delituosas.

Assessoria de Comunicação

Procuradoria da República no RN

Fones: (84) 3232-3960/ 8818-0116
Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República no RN
Fones: (84) 3232-3960 / 9119-9675
Ações do documento

Este site está em conformidade com os seguintes padrões: